24 de outubro de 2015

Sozinhos No Escuro


Título: Sozinhos No Escuro
Editora: Selo Jovem
Categoria: sobrenatural
Autor: Jessé Diniz
Página: 220



Sinopse

Jason completou dezessete anos e, como muitos meninos de sua idade, não é o mais popular do colégio. Na maior parte do seu tempo fica sozinho, ou então, com seus três únicos amigos. Essa amizade será ainda mais fortalecida quando eles descobrirem responsáveis em impedir uma guerra que poderia acabar com a raça humana, transformando o mundo em que vivemos num lugar sombrio, cheio de trevas. O pior de tudo? Eles já começaram em desvantagem.


"A partir do momento em que você abrir esse livro, sua vida não será mais a mesma. Você obterá informações sigilosas, e precisará se proteger. Você se tornará um sobrevivente. Você se tornará um Anjo do Apocalipse." O que você faria se acordasse e descobrisse que o destino do mundo está em suas mãos e nas mãos de seus amigos e que se vocês falharem a humanidade pagará um preço muito alto por isso.
Jason, Zack, Jessica e Isabelle não imaginam mais o destino deles já foi decidido mesmo antes de nascerem. Os 4 não sabe mais eles vão ser muito importante para a raça da humanidade o futuro dependerá deles e não vai adiantar ter apenas coragem, vai ser preciso trabalhar em equipe se eles quiserem vencer essa guerra.

MEU PONTO DE VISTA: Eu sempre fico com um pezinho atrás quando vou ler algum livro que envolve zumbis, eu li o primeiro livro do The Walking Dead e meio que não gostei, então fiquei com um pouco de medo, tenho que falar que "Sozinhos No Escuro" não tem nada a ver com The Walking Dead, o autor me falou que nunca assistiu a série, o que achei um máximo rs podem ler sem medo, não quero puxar saco kkk mas para um livro de estreia o autor está de parabéns.

Como Eu Era Antes de Você


Título: Como Eu Era Antes de Você
Autora: Jojo Moyes
Páginas: 320
Editora: Intrínseca




SINOPSE

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.



RESENHA

Louisa Clark aos 26 anos nunca teve ambição, ela sempre foi satisfeita com a vida que tinha, em toda sua vida sempre morou na mesma cidade, sempre trabalhou no mesmo café, trabalho ao qual ela amava, com o pequeno salário ela conseguia ajudar a sua família, na cabeça de Lou o seu destino já tava traçado, se casaria com o Patrick seu namorado e continuaria trabalhando no café. Só que as coisas não aconteceram como ela imaginou, ela acabou perdendo o emprego, ela se viu em um beco sem saída, mas Lou não imaginava que o destino já tinha planos pra ela.
Will Trainor era um jovem empresário, muito bem sucedido, levava uma vida perfeita, até que um acidente mudou drásticamente sua vida, tetraplégico, sempre dependendo de alguém, Will se transforma em um homem armagurado, arrogante, descontando na primeira pessoa que visse, por trás de tudo isso existe um homem incrível, inteligente e Lou mostrará isso, uma história de amor, aprendizado e perda.



MEU PONTO DE VISTA: Eu sinceramente tava sem palavras pra descrever o qual incrível é esse livro e espero que tenha conseguido me expressar, ainda to digerindo os acontecimentos, a leitura é super leve e rápida, tinha me esquecido de como um livro poderia me prender tanto e me fazer passar mal de tanto chorar, não é brincadeira Jojo Moyes me fez passar mal, tive que dar várias pausas pra me recompor, achei que não conseguiria terminar de ler, o.livro é simplesmente incrível.

Entre Dois Amores



Título: Entre Dois Amores
Autora: Carolina Estrella
Editora: Planeta
Páginas: 288




SINOPSE

Helô Martinez está no segundo ano do ensino médio e ama duas coisas: garotos e moda. Definitivamente, ela não ama a língua portuguesa e não tem a menor vocação para ser leitora de nada, nem de horóscopo, e sempre que precisa fazer algum trabalho sobre literatura para a escola ela conta com a cumplicidade de Amanda, sua amiga nerd devoradora de livros. Mas sua mãe não aguenta mais seus boletins pintados de vermelho e resolve fazer uma intervenção. Contrata um professor particular para ajudar a filha a tirar notas boas em português e literatura. Para desespero de Helô, seu novo mestre é o vizinho "melequento"-como ela diz-, que está no primeiro ano da faculdade de direito e a rejeitou num passado não muito distante. Apesar da tragédia anunciada, César Rodolfo, um garoto tímido, estudioso, de palavreado pomposo e arcaico e lindos olhos verdes, acaba conseguindo o impossível: transformar Heloisa em uma leitora voraz, capaz de declamar Carlos Drummond de Andrade e citar Emily Brontë. 




RESENHA

Helô é uma jovem de 16 anos que sonha em ser uma grande estilista. Como toda adolescente ela quer sair, se divertir e beijar, beijar muito. Helô odeia língua portuguesa, e quando precisa ler algum livro, ela corre pra pedir socorro a sua melhor amiga Amanda. Cansada dessa situação a mãe dela resolve contratar um professor particular de português e literatura, o que Helô não sabia é que o tal professor particular é o seu vizinho e o seu amor de infância, mas desde que ela foi rejeitada por ele, ela nunca mais olhou em sua cara, porém, ter aulas com ele, vai reviver esse sentimento que ela nunca esqueceu de fato, mas como a Helô é orgulhosa ela vai lutar contra esse sentimento até o fim.


MEU PONTO DE VISTA: No começo achei muito adolescente, sinceramente não achei que iria gostar tanto, mas estava enganada, eu amei, me surpreendi muito, rir, sofri, fiquei com raiva, mas ao mesmo tempo eu achei a coisa mais fofinha do mundo, parabéns a autora